A técnica eletrólise percutânea terapêutica EPTE® chega à Primeira Divisão de futebol italiano. Os médicos e fisioterapeutas da AS Roma, uma das equipas mais importantes da Liga Italiana, tiveram a oportunidade de assistir a uma formação de EPTE® para a recuperação dos tendões afectados por tendinopatias.

A equipa médico-sanitária da AS Roma acolheu-nos nas suas instalações em Trigoria, a uns kilometros de Roma.

Curso Eletrólise Percutânea Terapêutica EPTE® na AS Roma

Curso Eletrólise Percutânea Terapêutica EPTE® na AS Roma

AS Roma adquire EPTE® Eletrólise Percutânea Terapêutica

Desenvolver tendinopatias é algo muito comum entre os jogadores profissionais e está entre as patologias que se geram com mais facilidade praticando este desporto. Dentro do grupo das tendinopatias podemos encontra a tendinopatia Aquileana, fascite plantar, rotuliana e a pubalgia. Estas lesões podem transformar-se em patologias crónicas e necessitam de um tratamento específico para que a recuperação seja óptima.

O fisioterapeuta Damiano Stefanini e os seus companheiros da AS Roma, explicaram-nos que no caso dos jogadores da Liga, é muito importante que a recuperação e a volta à actividade desportiva (que é também a sua ocupação profissional) sejam o mais rápido possível.

A equipa médico sanitaria AS Roma participa no curso EPTE®

A equipa médico-sanitária AS Roma participa no curso EPTE®

Por esta razão, a equipa médico-sanitária da AS Roma escolheu confiar no nosso aparelho EPTE® para a regeneração de tecidos danificados e para induzir a recuperação de maneira rápida e praticamente indolor para o paciente.

Curso EPTE® para a AS Roma

curso EPTE® para a equipa médico-sanitária da Roma, leccionado pelo nosso professor Alberto Muñoz, dividiu-se em duas partes. A primeira, dedicada à teoria sobre lesões tendinosas, evidencia científica sobre a técnica e a sua aplicação. Na segunda parte do curso, os profissionais da equipa médica da AS Roma tiveram a possibilidade de praticar as diferentes abordagens para o tratamento de tendinopatias ou tendinites.

 

A eletrólise percutânea terapêutica EPTE® conquista cada dia mais profissionais que a elegem para a recuperação de lesões crónicas nos tendões. Activando o processo de regeneração do tecido danificado, a eletrólise percutânea EPTE® permite de maneira rápida e eficaz recuperar o movimento e voltar a praticar desporto diminuindo as dores causadas pelas lesões.

A Roma, como muitas outras equipas, sabe e escolhe o aparelho de eletrólise percutânea EPTE® para tratar os seus jogadores. Agradecemos a Damiano Stefanini e a todo a equipa médico-sanitária da AS Roma por escolher EPTE® Eletrólise Percutânea Terapêutica.